ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Nova Caldeira para COOOPELER e Programa Microbacias

PROJETOS APROVADOS NO MUNICÍPIO TRAZEM R$ 450 MIL EM RECURSOS

Sábado, 19 de maio de 2018

Visualizada 64 vezes

Recursos reforçarão produção no setor.


Foi apresentada na tarde de sexta-feira, 18, a nova caldeira para processamento de leite, instalada na sede da Cooperativa de Produtores de Leite da Região de Entre Rios – COOPELER em São Jorge do Patrocínio. O equipamento, adquirido por meio de projeto elaborado com apoio técnico da EMATER e referendado por entidades do setor agropecuário do município, integra recursos destinados por meio do Programa Mais Renda no Campo, da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento – SEAB. Estiveram presentes à sede da cooperativa o prefeito José Carlos Baraldi, o vice-prefeito Ronaldo Tinti, o presidente da Câmara Municipal Jair Sampaio e vereadores, o secretário de Agricultura Fausto Paulin, o presidente da COOPELER José Carlos André, o deputado estadual Claudio Palozi, o coordenador regional do Governo Estadual em Umuarama Vitor Leitão, representantes do SEAB, EMATER e demais representantes de entidades do setor. O engenheiro agrônomo da EMATER Rafael Meier de Mattos, um dos responsáveis pela elaboração do projeto, explicou que há cerca de um ano o município havia sido enquadrado ao programa, quando foi apresentado o projeto inicial para o financiamento da caldeira. Com sua devida apreciação e tendo a COOPELER como entidade beneficiada, foi destinado o valor de R$ 150 mil, com R$ 18.200,00 de contrapartida do município, além de R$ 70 mil para aquisição de embalagens para o leite pasteurizado, sendo o investimento total na ordem de R$ 238.200,00. Com a nova caldeira, a cooperativa pretende ampliar a atual produção, além de propiciar futuramente a criação de novas linhas de produtos.

Programa Microbacias II

Logo após, em audiência realizada no auditório da Câmara Municipal, com a presença de produtores rurais, os visitantes apreciaram o anúncio da liberação de mais R$ 209.989,75 pelo Programa de Gestão de Solo e Água em Microbacias, também da SEAB. Segundo a EMATER, o programa procura estabelecer um processo de gestão ambiental em microbacias, diminuindo os impactos ambientais da agricultura sobre solos, água e biodiversidade. Segundo a SEAB, visa recuperar e manter a capacidade produtiva dos recursos naturais, com base na gestão de microbacias hidrográficas. A microbacia pode ser definida como sendo uma área geográfica drenada por um curso de água e limitada pelos divisores topográficos. O recurso, já disponibilizado ao município, contemplará o projeto Microbacias II Córrego Patrício, beneficiando 77 produtores locais que exercem atividades de agricultura familiar. “É uma alegria muito grande celebrar neste dia a vinda destes recursos, tão importantes para a produção agrícola e pecuária de nosso município”, avaliou o prefeito Baraldi. “Devemos sempre atuar de forma séria e comprometida, envolvendo setores e garantindo bons projetos, para que asseguremos a vinda destes recursos, pois somente com muito trabalho eles são alcançados”, observou Rafael Meier, da EMATER.

 

FONTE: EMATER / Secretaria de Agricultura SJP

Fotos: Genivaldo Braz

Fonte: Secretaria de Agricultura

 Outras Notícias